terça-feira, 28 de outubro de 2008

Momento desabafo

Sempre me pergunto porque às vezes é tão difícil viver???? São tantas decisões a serem tomadas, tantas escolhas que me fazem ficar desnorteada e me questionando sobre as escolhas do passado que hoje se tornam um tanto pesadas demais.
Que a vida não é fácil eu já sei, mas precisa ser tão difícil?
Ser mulher, dona de casa, esposa, estudante, profissional é um fardo e tanto. Ter que decidir o melhor a fazer em cada momento de tensão é muito desgastante. Às vezes me sinto fraca e não tenho a quem recorrer...meus filhos me cobram de um lado, meu marido de outro, o chefe não me entende, a faculdade está me enlouquecendo e ainda tem a gravidez que me faz ter um cansaço que não agüento . Minha barriga está enorme e conciliar todas as minhas atividades está cada dia mais cansativo.
Isso é só um pequeno desabafo em meio a correria do meu dia...

sábado, 25 de outubro de 2008

ciumes, uma hora vc gosta outra hora vc não gosta

Eu,Fernanda sou louca,nossa como sou louca uma hora gosto da minha irmã e outra hora não gosto dela.
sabe pq eu as vezes não gosto da minha irmã, e pq eu sinto q ele nem vai me dar atenção,não ia cuidar de mim, tipo assim se eu ficar loira ele nem vai ligar q nem em eu,a patroa e as crianças rsrsrs mas e sim mas parece mesmo..
mas voltando onde estávamos.mas minha mãe falou assim:-filha não tem pq vc ficar com ciumes da sua irmã ela ainda nem nasceu e eu respondi:-mas mãe e quando ela nasce em vc jura q vai me dar atenção, eu sei q não vai me dar atenção vai dar atenção pra ela e ela respondeu:-filha o bebe precisa e uma atenção maior pq ele não sabe se cuidar e vc sabe.. e ai nos acabamos com a nossa conversa mas eu ainda tenho ciumes muito ciumes rsrsrsrsrs..!*!*!*!*!*!*!*

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

sinto falta da minha mãe

eu,fernanda sinto muita falta da minha mãe pq ela me acorda 4:30 da manhã e ela sai depois de mim ai depois do trabalho dela ele vai pra faculdade e so chega meia noite , e eu estou dormindo e a semana toda assim ai da para ver ela no sabádo ai eu fico morrendo de saudades dela e sábado e domingo nas arrumamos casa e ela nem tem tempo de ficar comigo e nem de me ajudar na lição de casa e ela nem tem paciencia de ensinar!!!e chato mas eu vou levando ne espero q ela leia e se toque kkkkkk ashahshahshahshs rsrrsrsrsr!!!!!!mentira... mas e isso.

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Voltei...

Ai meu Deus como ando ausente no blog e na minha família. Acontece que meu tempo está dividido entre trabalho, estudo e serviços domésticos...ufa já me cansei só de falar.
Ando um pouco aérea e distante e a gravidez me deixa um pouco lerdinha... sabe aquela preguicinha de grávida? Pois é, estou assim e quem acaba pagando o pato são as pessoas mais importantes da minha vida – minha família. Na verdade estou bem cansada e a barriga já está bem grandinha, sem falar nos meus pés que parecem duas bolinhas de tanto inchaço....tudo isso contribui para que eu deixe de lado algumas coisas e me dedique exclusivamente às obrigações. Deixo de lado os mimos aos meus filhotes e ao meu marido para me render a cama e dormir em todas as horas vagas...segundo meu marido são as “perdas e ganhos”...pode até ser mas não posso me entregar e como guerreira que sou (rsrsrs) resolvi reagir! Começo pelo blog ( parece ser mais fácil) e me comprometo a não me deixar vencer pelo cansaço e dedicar muita atenção aos meus amores sem me esquecer da minha pequena Sophia que precisa de tudo preparado para sua chegada!

PS: (recadinho aos meus amores) Amo muito vocês!!!!!

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

O sexo do bebê




Hoje de manhã eu, Fernanda, fui no hospital com a minha mãe, fomos ver sexo bebê e recebemos a notícia que é uma menininha, a nossa princesinha. Eu pulei de tanta alegria, foi muito bom, e minha mãe ficou muito feliz e quando nós estavamos saindo do hospital ela ligou para o trabalho e falou que era uma princesinha, mas não deu pra falar muito pq eles estavam em reunião. Fomos pra casa e depois ela foi fazer o pre-natal e eu fiquei em casa, mas eu fiquei feliz e a família inteira tbm vai ficar super feliz.


quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Presente de Deus.



É verdade...a mais nova novidade é que Deus me presenteou com uma nova gravidez. Dessa vez tudo está bem, já estou com 4 meses e muito feliz.Passado o susto é só alegria.

E a família vai ficar ainda maior. Meu querido Roberson também vai receber a visita da cegonha...É muita alegria ...

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Saudade????

Dizem que você não sente saudades do que não fez, mas acho que não é verdade não....eu sinto saudades de algumas coisas que não fiz. Analisando o sentimento saudade acho que é isso que sinto por algumas coisas que não fiz por medo, por covardia ou por achar que não era necessário. Se acho que saudade é um sentimento quase inexplicável que dói pra caramba, então sinto de verdade saudade do que não fiz.

Ontem à noite senti muita saudade do meu irmão Ronaldo e também do que não fiz por ele e para ele...das festas que deixei de chamá-lo por achar que não convinha, das visitas que nunca fiz, dos telefonemas que foram escassos, do estender a mão quando ele mais precisava.

Falar em remorso é muito cruel e acho que o que explica o que sinto é a saudade...aquela coisa nostálgica e doída que corrói a alma da gente.

Pode parecer uma forma de amenizar minha culpa mas não é, pois tenho plena consciência de todas as minhas responsabilidades no que deixei de fazer pelo meu irmão. A verdade é que de nada adianta o arrependimento pois ele não está mais aqui...fica a saudade e a vontade de acertar com as outras pessoas. Não dar ouvidos ao constante – deixa pra depois...não preciso... não convém...- e demais justificativas pra deixar de fazer algo pelas pessoas que nos cercam sejam elas quem for ou como for.

Para amar uma pessoa ela não tem que se adequar ao perfil que traçamos e sim o nosso amor é que deve ser pleno o suficiente para superar as diferenças.

Resta a dor da saudade...a dor de não poder voltar no tempo e corrigir meus erros...resta o pedido sincero de perdão pelo que deixei de fazer.

domingo, 3 de agosto de 2008

Desenhos lindos...





Adoro esses desenhos!!!São da Jana Magalhães, ela desenha coisas doces...tem mais coisas lindas no site ludicices... Vale a pena ver!!!

quarta-feira, 23 de julho de 2008

Lindo de ouvir e sentir...

Coisas que acontecem e demoramos a digerir.

Há três meses tive um aborto voluntário, o que me assustou muito, afinal sou mãe de três filhos lindos e nunca tive problemas na gravidez. Demorei a digerir tudo isso e num primeiro momento senti muita revolta, além de uma dor inexplicável...Como um ser de apenas 5mm pode mexer com nossos sentimentos? Meu bebê tinha apenas 5 mm e me deixou, mas eu já o amava intensamente.

Apaguei todas as mensagens no orkut sobre a gravidez e todas as postagens no blog...agora , um pouco menos abalada, resolvi escrever sobre o ocorrido. Fico me perguntando como algumas mulheres tem coragem de provocar um aborto... Meu bebê era tão pequenininho e já havia dentro de mim um amor imenso por ele, sofri e ainda sofro quando penso no que aconteceu, mas acho que Deus tem seus propósitos e não devemos questionar.

Sei que fui abençoada com três filhos maravilhosos que enchem minha vida de alegria...e isso não tem preço.Apesar de pensar sempre no que aconteceu me sinto mais calma pra digerir o que aconteceu...

O tempo sempre nos faz sentir melhor...ou não.

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Mais arte....




Esse menino me surpreende a cada dia....sou suspeita pra falar mas ele é um grande artista!
Meu pequeno Henrique você é demais...

terça-feira, 15 de julho de 2008

Pra minha "Marie"

Canção para álbum de moça Drummond
Bom-dia: eu dizia à moça que de longe me sorria. Bom-dia: mas da distância ela nem me respondia. Em vão a fala dos olhos e dos braços repetia bom-dia à moça que estava, de noite como de dia, bem longe de meu poder e de meu pobre bom-dia. Bom-dia sempre: se acaso a resposta vier fria ou tarde vier, contudo esperarei o bom-dia. E sobre casas compactas, sobre o vale e a serrania, irei repetindo manso a qualquer hora: bom-dia. O tempo é talvez ingrato e funda a melancolia para que se justifique o meu absurdo bom-dia. Nem a moça põe reparo, não sente, não desconfia o que há de carinho preso no cerne deste bom-dia. Bom-dia repito à tarde, à meia-noite: bom-dia. E de madrugada vou pintando a cor de meu dia, que a moça possa encontrá-lo azul e rosa: bom-dia. Bom-dia: apenas um eco na mata (mas quem diria) decifra minha mensagem, deseja bom o meu dia. A moça, sorrindo ao longe, não sente, nessa alegria, o que há de rude também no clarão deste bom-dia. De triste, túrbido, inquieto, noite que se denuncia e vai errante, sem fogos, na mais louca nostalgia. Ah, se um dia respondesses ao meu bom-dia: bom-dia! Como a noite se mudara no mais cristalino dia!

sexta-feira, 11 de julho de 2008

Sinônimo de sensibilidade....





É engraçado como algumas coisas acabam se tornando um vício em nossas vidas, mais engraçado ainda é se tratar de um vício bom que faz a gente se deliciar e não tem nenhum efeito colateral ruim. Isso aconteceu com os blogs da Cristiana Guerra, simplesmente são meu vício, preciso da dose diária de leitura das coisas mágicas que ela escreve e das fotos lindas que ela posta todo dia. Essa menina sabe como mexer com os sentimentos mais profundos que temos e apesar de vivermos em realidades completamente diferentes suas palavras me fazem sentir muito bem.

Ela passou por problemas super difíceis e faz de tudo a mais linda poesia...isso é um dom que poucas pessoas tem. Passei por problemas tão difíceis quanto os dela mas nunca consegui me fortalecer com a experiência e sempre ficava deprimida. Depois que passei a ler suas postagens me fortaleci muito e acho que isso acontece com todos que lêem o seu blog, essa menina não sabe que o que começou como uma forma de acalento para seu coração e para seu filho, acabou se transformando na mais eficaz terapia pra muita gente.

O mais legal é que quem me apresentou seus blogs foi meu filho Henrique,de apenas 14 anos, que conheceu seu blog e me falou que é muito legal. Garotinho esperto...ele só não esperava que eu iria gostar tanto e nem imaginava o quanto ia me fazer bem.

Não posso deixar de falar do estilo que essa “pequena” tem, ela se veste lindamente e nos surpreende com produções surpreendentes no hoje vou assim. A Cristiana é fantástica, além de ser super fashion ela ainda é doce em suas palavras, sábia e se mostra um ser humano como poucos. Cada postagem no parafrancisco tem uma magia única, ela escreve com a alma e o coração. Simplesmente lindo!!!!

Fica aqui registrado meu agradecimento a essa “pequena” grande mulher e minha dica de como tornar seus dias melhores...visitem os blogs da Cris.

http://para francisco.blogspot.com
http:// hojevouassim.blogspot.com

quinta-feira, 10 de julho de 2008

Momentos de revolta

Vou liberar todo meu lado marxista e falar sobre emprego/ salário/patrão. Sempre me pergunto como pode um chefe comprar uma blusa que custa R$ 300,00 e pagar um salário de R$ 380,00 para um funcionário sustentar toda sua família???? Será que esse indivíduo (patrão) dorme bem??? Será que ele pensa que seu funcionário precisa sobreviver???? Ou esse ser é um alienado ou um tremendo egoísta ( pra não dizer um palavrão). Tá bom, reconheço que meu grau de rebeldia hoje chegou ao extremo, mas não posso me conformar com essa coisa de ganhar mal. Também reconheço que estou estudando pra tentar ganhar mais, o que é sorte num país como o nosso, mas nem por isso tenho que me conformar em ganhar uma miséria e ter que sustentar três filhos... Sei que ganho um pouquinho mais que R$380,00 ( morra de curiosidade tentando descobrir meu salário), mas também é muito pouco e não consigo garantir aos meus filhotes o que a CARTA MAGNA diz que é nosso DIREITO .

Ai, ai...estudar direito e ser meio revolucionária tem lá suas dificuldades....Quando você desconhece as Leis e todas garantias que deveriam ser seu direto é muito mais fácil aceitar o salário miséria que você recebe, mas quando você começa a ver a sacanagem que fazem com você é desesperador.

E ainda tem toda dificuldade de morar no país da falta de vergonha geral onde a roubalheira corre solta e ficamos a mercê de um governo corrupto e insano que só pensa em melhorar a vida dos que já tem tudo o que o dinheiro pode comprar. Esses imbecis ficam lendo maquiavel e descobrem que “o fim justifica os meios” e utilizam todo ensinamento maquiavélico para massacrar o povo. Não que eu não goste de Maquiavel, mas é que consegui extrair seus ensinamentos e manter meus valores morais e éticos inalterados. Pena que isso não acontece com a maioria das pessoas.

Mas ainda resta uma pontinha de esperança que as coisas podem ser mudadas e a vida vai melhorar . Pode ser que esteja completamente errada mas se não manter essa esperança viva dentro de mim vou ter que mudar meus conceitos e me unir a súcia de patrões, governantes e demais lideres que estão destruindo nosso país.

Acho melhor parar por aqui e tentar aquietar meu coração ....

domingo, 6 de julho de 2008

Adoro isso...

Pra você, Rômulo.

Por que????


Tenho pensado tanto no que aconteceu com meu sobrinho, fico me questinando o porquê de ter que passar por tudo isso...ver um menino tão jovem em coma e a família sofrendo tanto...porquê???? Sei que não devemos questionar os propósitos de Deus mas é sofrer demais ver alguém que amamos em uma cama de hospital. Pra mim tem sido ainda mais difícil por estar longe e não poder falar pra ele o quanto o amo e torço por sua recuperação. A sensação de impotência tem acabado comigo...

Tenho que admitir que já fui cruel com meu sobrinho...já falei coisas que ele não merecia ouvir, mas quem nunca o fez??? O pior é nunca admitir nossos erros.Mas nunca imaginei ter que vê-lo sofrer tanto e não poder fazer nada...
Amo tanto esse menino e não consigo imaginar sua vida diferente do que ele havia construido...tão talentoso, tão batalhador, sonhador, um guerreiro ... tenho tanto orgulho do meu pequeno Romulo e quero ele de volta logo...afinal ele me deve uma linda tatuagem.

Minha família não merecia passar por isso, por mais que possa soar egoísta, mas não tinhamos que ver nosso menino tão machucado. Tento ver como um aprendizado mas é muito difícil... O que sei é que amo esse menino demais e preciso dele perto de mim... Quero seu sorriso de volta... Quero suas brincadeiras suas maluquices...Preciso dele por perto...

Te amo!!

Mas continuo não entendendo por que!!!

domingo, 29 de junho de 2008

Arte do meu querido artista...

Pro meu amor....

Pra minha menina....

Minha menina....




Hoje resolvi falar um pouco da minha menininha, a Fernanda. Como sonhei em ter uma menina, uma filha pra poder tornar rosa a minha vida. Digo isso porque quando temos uma filha passamos a comprar tudo cor de rosa e enfeitar nossa filha como uma bonequinha. Com os meninos é diferente pois ficaria meio estranho colocar lacinhos nas coisas deles....mas com a menina podemos encher de lacinhos e demais frufrus que toda mãe adora.

Hoje minha menina é quase uma mocinha e tenho muito orgulho dela ser tão madura e independente. Às vezes essa garotinha me surpreende com sua maturidade, ele cresceu e eu nem percebi. Tem momentos que tenho vontade de dar umas boas palmadas, e até dou algumas, mas a verdade é que essa Fernandinha enche minha vida de alegria. Adoro ver o quanto ela é vaidosa, inteligente e sonhadora. Tão independente e decidida que me assusta, além de uma personalidade fortíssima. Minha menina vai longe...aonde seus sonhos a levarem...sei de sua capacidade...Adoro viver em sua companhia!!!

segunda-feira, 16 de junho de 2008

O valor das pessoas

Existem pessoas que não sabem o valor que têm na vida das pessoas. Uma dessas pessoas é minha querida mãe. Só o fato de ser mãe já a torna super especial, mas além disso ela é uma mulher como poucas, forte, batalhadora, visionária, à frente de seu tempo, sonhadora, além de muito mais...

Devo tudo a essa mulher que fez de mim um ser humano consciente das minhas responsabilidades, uma pessoa que sabe ir à luta para conquistar seus sonhos. Essa Maria Amélia é uma mulher de verdade. È uma sonhadora que injustamente não é tratada como realmente merece.

É uma pena que algumas pessoas ainda não reconheceram o valor que essa pessoa tem. Até alguns de seus filhos negligenciam o amor e o reconhecimento que ela merece. Hoje muito do que o seus filhos são foi conquistado a partir da educação que essa mulher maravilhosa os presenteou.

Maria Amélia...Maria a imagem sublime da mãe do filho de Deus. Amélia... a mulher de verdade! Assim é minha mãe, sublime e verdadeira! Verdadeira em seus sentimentos e em sua luta, sublime em seu amor incondicional .

“Não espere ficar sozinho para reconhecer o valor de quem está do seu lado.
Não espere ficar de luto para reconhecer quem hoje é importante para você.
Não espere a queda para lembrar-se do conselho.”( autor desconhecido)

domingo, 15 de junho de 2008

É, meu anjinho cresceu!


O Gabriel vai começar a trabalhar... Parece brincadeira mas a verdade é que meu filho cresceu. Parece que foi ontem que aquele bebezinho indefeso estava em meus braços pela primeira vez. Meu primeiro filho...todas aquelas novidades para uma pessoa que acabava de completar 18 anos e já era mãe. Quanta responsabilidade! E agora meu garotinho vai criando asas e arruma seu primeiro emprego. O que sentir nesse momento? Alegria? Medo? É um misto de sentimentos, aquela sensação que ele não vai mais precisar de mim.. ele cresceu, vai caminhando em busca de seus sonhos e eu fico aqui perdida em receios e ao mesmo tempo super orgulhosa de saber que meu garotinho é quase um homem!

Minha versão de 10 coisas que odeio em você....

1 - Odeio seu olhar triste....
2 - Odeio não saber o porque do olhar triste...
3 - Odeio que vc não escreva no NOSSO blog...
4 - Odeio não receber scrap seu no meu orkut...
5 - Odeio quando você faz cara de paisagem diante das minhas preocupações...
6 - Odeio você ter que trabalhar tanto...
7 - Odeio que você me compare com pessoas que não gosto...
8 - Odeio não conseguir ficar com raiva de você...
9 - Odeio ter que puxar conversa quando a gente briga, mesmo que você esteja errado...
10 - MAS NO FIM SÓ SEI DE UMA COISA QUE SUPERA TODO ESSE ÓDIO....MEU AMOR POR VOCÊ!!!! TE ADORO

domingo, 8 de junho de 2008

Inspiração...

Inspiração é o que tem faltado...minha vida tá tão corrida que não sobra tempo pra inspiração. Quando começo a pensar em uma coisa já está acontecendo outra pra começar a pensar... Estou sem vontade de escrever... depois volto.

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Desabafo...

Por que é tão difícil ser compreendida pelos outros? Cada vez que você sente algo diferente das outras pessoas, você é visto como um alienígena.... Por que é tão difícil entender que as reações diante dos acontecimentos da vida são únicas em cada pessoa?

O que acontece é que mesmo reagindo de forma diferente queremos um ombro amigo para apoiar o peso das nossas decepções.

As pessoas se mostram egoístas e mesquinhas quando nos negam a simplicidade do acolher. Vivem em seu mundinho medíocre e esquecem que as relações de afetividade são o grande desafio de todos os dias e o que realmente vai fazer diferença em nossas vidas.

Perder um pouquinho do precioso tempo, hoje tão corrido, com uma palavra de conforto, um sorriso encorajador ou simplesmente oferecer um ombro amigo pode ser decisivo para a pessoa que está precisando e talvez fosse para quem está oferendo, se esta conseguisse limpar seu coração do orgulho quase característico do ser humano.

Bastaria que passássemos a valorizar a vida e as necessidade das pessoas que estamos próximas, para que se formasse uma corrente de amor e talvez o mundo seria um lugar bem melhor. É muito fácil julgar os sentimentos dos outros quando não temos coragem de assumir nossas fragilidades diante das dificuldades da vida, fica fácil viver quando não se arrisca, quando perdemos a capacidade de se indignar com determinadas situações e falar sobre nossos receios. Viver pode parecer fácil para quem não se entrega de corpo e alma.

Da próxima vez que for fazer uma crítica a uma pessoa que se diz frágil diante das situações da vida, pense na coragem, que você pode não ter, de assumir que não passa de um reles mortal....

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Maturidade

Sempre nutri sentimentos confusos em relação ao meu pai e hoje quando vejo que ele envelheceu percebo sua fragilidade... Uma pessoa que sempre se mostrou tão séria, tão severa e de tão difícil acesso se tornou uma pessoa de olhar tão frágil.

Diante de todas as situações que já passamos me perdia em sentimentos de amor e ódio, o que pode parecer cruel da minha parte, mas eram esses os sentimentos que tinha e não há como negar. Entender as suas atitudes, seu distanciamento, suas palavras cruéis e seus comportamentos repreensíveis por muito tempo foi mistério para mim. Ainda hoje tenho momentos de dúvida que machucam bastante, mas a maturidade e a distância me fazem compreender melhor todas as dificuldades que passamos e posso dizer com segurança que consigo sentir por meu pai o mais puro sentimento de todos: amor! Um amor que vem sem cobranças, sem ressentimentos e que consegue transpor barreiras me fazendo perceber toda fragilidade por trás daquele homem de ferro que fez parte da minha infância. Não posso apagar o passado mas devo estabelecer laços para tecer um futuro melhor....

Quero me livrar de todos os sentimentos que me cegaram durante muito tempo e me privaram de um amor incondicional, pois não podemos exigir dos outros o mesmo comportamento que temos....e principalmente dos nossos pais. Quem sou eu para julgar os atos do meu pai? Quem fui e o que sou devo grande parte a ele e a minha família, mas o que serei e o quero ensinar aos meus filhos é de minha inteira responsabilidade. Por isso resolvi me libertar das garras do meu passado e apreciar toda fragilidade que hoje posso ver naquele olhar e me faz perceber que valeu a pena ... Obrigada, Meu Pai !

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Dormir?

Tem dias que meus olhos simplesmente não querem abrir... Eu até poderia explicar o fato dizendo ser natural quando se dorme apenas três horas e meia por noite, mas acontece que preciso deles abertos. Hoje é um desses dias e simplesmente não estou conseguindo manter meus olhos abertos.... O fato é que atravesso a cidade para trabalhar, depois faço uma viagem para ir para a faculdade e finalmente outra para ir para a tão desejada cama. Acordo às 4:30 e me deito às 1:00 hora, preciso de dormir... Preciso de dormir para quando estiver acordada conseguir fazer alguma das diversas coisas que me proponho e não ficar como um zumbi.

Viver na grande São Paulo tem seus benefícios afinal aqui é a cidade das oportunidades, foi onde reencontrei o meu amor, onde pude recomeçar a realizar o sonho da faculdade, tem lugares e atrações fantásticas para se ver, mas o preço está sendo um pouco alto.... Tudo é tão longe e os meios de transporte não ajudam nem um pouco.

Às vezes tenho a sensação que acabei de me deitar e lá vem o despertador me acordar. Tenho a impressão de ter fechado os olhos naquele exato momento e já está na hora de levantar. Haja cafeína pra dar conta de tanto sono.... Sei que terei uma eternidade para descansar e talvez seja por isso que não desisti..... Outro fato é que reclamo demais, não é mesmo? E ainda bem que é escrevendo....

Mas, definitivamente preciso dormir ... rsrsrs

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Vale a pena?

Venho tentando descobrir o se passa na cabeça de algumas pessoa que fazem qualquer coisa para ganhar dinheiro... Não que eu não queira ter uma condição financeira melhor, mas norteio a direção de minha vida por caminhos que não se desviam dos princípios éticos e morais de pacificidade e respeito entre as pessoas...

Acho nossa vida muito curta, mas muito valiosa, para poder arriscá-la o tempo todo com a intenção de conseguir poder e riqueza. A questão do poder me assusta pois sempre alguém tem que estar subordinado a um ditador e isso foge aos princípios do respeito á condição humana. Ninguém é melhor que ninguém, principalmente se formos levar em consideração os bens que determinada pessoa possui, possuir bens não quer dizer ter dignidade e honra, ao contrário do que a maioria das pessoas pensam.

Isso é um reflexo da perda dos valores que estamos sofrendo ao longo dos anos. Minha maior preocupação é com o futuro de meus filhos, que hoje já se deparam com um mundo caótico, com valores completamente distorcidos. Vejo que temos a obrigação de reparar os danos e a melhor maneira é a reavaliação da educação que damos aos nossos filhos.

Não é muito fácil, pois percebo que luto contra a maioria da sociedade...se em casa ensino valores como respeito, dignidade, humanidade, religiosidade, na escola eles entram em conflito com os valores dos colegas que não tem a mesma formação. Muitas vezes eles ficam confusos, o que é absolutamente normal, o que tenho certeza é da minha responsabilidade em repassar aos meus filhos o que aprendi com meus pais sobre os verdadeiros valores que não podem e não devem ser esquecidos. Pode parecer uma tarefa difícil, mas com certeza é extremamente gratificante! Mãos à obra...

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Valores...

O que está acontecendo com a humanidade? Me faço essa pergunta cada vez que assisto aos noticiários ou leio as notícias na internet. Cada vez é mais freqüente o aparecimento de crimes bárbaros e o pior, entre pessoas bem próximas. São casos que me deixam extremamente preocupada com o rumo que a humanidade está seguindo e quais são os nossos valores? Onde está a solidariedade? Onde está o amor ao próximo?

A humanidade segue uma trajetória de decadência e a cada dia desacredito mais nesse homem que se diz racional. Dentre todos os animais o homem é o que mostra menos racionalidade, principalmente quando se fala em relações sociais.

Quando vejo pais matando filhos, filhos matando pais, assassinatos brutais, vidas tiradas por ninharias, me pergunto onde vamos parar... O que aconteceu com os ensinamentos sobre amor ao próximo, respeito, solidariedade, direitos humanos, liberdade e justiça? Onde pretendemos chegar se estamos destruindo todos os valores que nos tornavam merecedores de uma vida plena de alegria e conquistas?

Minha grande preocupação é com relação ao mundo que meus filhos terão que viver daqui a alguns anos... o que espera por eles? O fato é que se não houver urgentemente uma inversão dos valores que regem nossa sociedade, mergulharemos num profundo caos, onde volta a valer a lei do “olho por olho, dente por dente”, onde nem as relações de familiaridade e de laços de afeição vão existir.

Quando nos perdemos? Essa é uma pergunta essencial para sabermos de que ponto recomeçar... de onde devemos partir para reconstruir nossas relações e nossos valores.

domingo, 11 de maio de 2008

Sublime

Quem é mãe sabe o que estou falando. Desde a concepção até o nascimento e depois todas as surpresas da maternidade só podem ser descritas como sublime.

Sublime, adj.2 gên. Muito alto, elevado acima de todos; excelso; perfeitíssimo; poderoso: sublime rei: soberbo; encantador, esplêndido; magnífico; mejestoso; agradável;o mais alto grau da perfeição; o que há de mais elevado nas ações, nos sentimentos.

Cada sorriso, cada descoberta, as primeiras palavras...tudo é encantador. Ser mãe é ser forte e frágil ao mesmo tempo, é a plenitude do prazer de ser mulher.

Não posso me esquecer que antes de ser mãe, fui filha e foi com essa querida mãe que comecei a aprender o valor da maternidade. Cada bronca na adolescência, cada conselho, cada palavra de conforto, muitas vezes um simples olhar, todos gestos do sublime amor que minha mãe me ensinou e hoje, enquanto mãe de três pessoinhas maravilhosas, tento repassar a eles.

Ser mãe é sublime...
Ser mãe é gratificante...
Ser mãe é saber amar...
Ser mãe é eterno aprendizado...
Ser mãe é vida!

Agradeço a Deus a mãe maravilhosa que tenho e aos meus filhos que fazem valer a pena cada passo que dou...

Presente do artista da casa...

Mamãe!

Acho que hoje é o dia mais especial do ano... Hoje é o dia da pessoa mais especial do mundo...MINHA MÃE!
Obrigado por me fazer assim...Obrigado por ser assim...Obrigado por brigar comigo...Obrigado por me educar...Obrigado por me amar...Simplesmente obrigado por TUDO!
Eu e meus brothers te amamos muito!
Você é nosso maior e melhor exemplo!

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Dias normais...

O que é um dia?O dia começa ao nascer do sol?E termina quando ele vai embora?
O que determina realmente um dia é isso...Mas pra nós, meros mortais...Trabalhadores, estudantes, o que determina um dia?
Os dias pra nós parecem ser sempre normais...Mas não! Cada dia é único...Temos que viver esse dia como se fosse o último, e descobrir como se fosse o primeiro.

VIVA INTENSAMENTE!

segunda-feira, 5 de maio de 2008

Recomeçar...

A vida é construída com recomeços... a cada tropeço temos o dever de recomeçar. Ninguém nunca falou que é fácil, mas também podiam ter me avisado que é sempre tão difícil.
Lidar com perdas é algo que dói muito e às vezes pensamos que não vamos aguentar (ainda acho que não aguento), mas a verdade é que temos que seguir em frente.
É mais fácil ver a saída nos problemas dos outros que nos nossos, fica fácil ver os problemas como experiência positiva quando não é com a gente, mas a verdade é que somos fortes e só temos a carga que Deus sabe que aguentamos...
Sei que pode demorar, mas sei também que nenhuma dor é eterna(ainda bem). O bom é saber que temos pessoas maravilhosas ao nosso lado que podemos contar a qualquer momento... Obrigado a minha família, ao meu Nem, aos meus queridos Bili, Quiquinho e Fê e aos meus amigos , especialmente Neide, Célia e Lú. É bom ter vocês ao meu lado.

sábado, 3 de maio de 2008

Viver não faz sentido

Hoje descobri que quando você faz tudo certo, quando você tenta ser legal, quando você tenta ser justa e humana a vida te dá um belo pontapé e te faz ver que essa não é a melhor alternativa... Fica difícil manter os valores que aprendi a cultivar e levar tanta porrada da vida...Hoje é um dia péssimo e não sei quando vai ser bom novamente...

sexta-feira, 2 de maio de 2008

Um dia triste...

Hoje não tivemos um dia muito bom... Na verdade não foi nada bom... Recebemos uma noticia que tirou de nossos corações a expectativa de uma nova vida, de um novo amor.

Não tenho muito que escrever... Só que foi bom enquanto durou!

quarta-feira, 30 de abril de 2008

O artista da família....

Não poderia deixar de mostrar meu artista...esse menino me surpreende cada vez mais...

terça-feira, 29 de abril de 2008

Pra que sofrer?????

Seria tão mais fácil ser sempre feliz, não é mesmo? Mas sofrer nos faz perceber o verdadeiro valor das alegria, por menores que elas sejam. O sorriso dos nossos filhos, o colo da nossa mãe, passar no vestibular, receber um e-mail da irmã que você tanto ama te fazendo confidências, a primeira vez que nossos filhos falam mamãe.... Não parece simples? Agora tente viver isso sem ter passado pela experiência de ficar longe da sua mãe, ver seu filho chorar, não passar no vestibular, não receber nenhuma mensagem da irmã amada, não poder ter filhos....

Sofrer funciona como uma vacina contra a incapacidade de se emocionar com as coisas simples que realmente fazem valer a pena viver.....

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Saudade dói...

Saudade dói...como dói! Ficar longe das pessoa que amamos traz uma dor inexplicável, uma dor incomparável, uma dor profunda dentro do peito e da alma....Desde que me mudei pra São Paulo sinto essa dor diariamente, é a saudade daqueles que são meu alicerce, minha família.

Sinto falta do carinho, dos risos e até das broncas. O tempo, que é o melhor remédio pra tudo, nesse caso não consegue efeito algum, ao contrário, só faz aumentar a dor. Nos momentos difíceis fica a saudade dos conselhos, do ombro amigo, do olhar de cumplicidade...nos de alegria, fica a saudade dos risos, da comemoração, da farra....

Posso citar as confidências com a Tia Má ( que de má só tem o apelido), os almoços da Tia Rosana, a apresentação de dança do ventre da Tia Rosauria ( é verdade, sinto saudades rsrsrs), os causos da Tia Rita, o colo da minha mãe (nada consegue substituir), as palhaçadas do Tio Reginaldo, meus sobrinhos MARAVILHOSOS, a comida do papai (ninguém cozinha melhor que ele), o olhar de cumplicidade mesmo que bravo do meu Tio Bó....é saudade que não acaba mais....

Pior ainda é quando uma das pessoas que você ama fica doente, a vida parece perder o sentido.... a sensação de impotência é extenuante. É uma mistura de sentimentos que aumenta a dor e nos faz perder o rumo. Cada vez que o telefone toca, que recebemos nova mensagem no e-mail é uma expectativa por notícias boas a respeito da pessoa amada... e ainda tem a vontade imensa de ajudar de alguma forma, o que estando longe é impossível.

Posso parecer piegas e assumo que sou, mas o amor pela minha família é o que me dá coragem para prosseguir lutando, buscando a concretização dos meus sonhos. Percebo que a vida longe só traz um benefício....reconhecer o valor desses acontecimentos e dessas pessoas antes que seja tarde... Essa lição já aprendi...

domingo, 27 de abril de 2008

O passeio na virada cultural

O passeio foi legal d+ nós assistimos 5 teatros todos foram bons mas nenhum comparado ao generik vapeur, teatro de rua. Nós pegamos no finalsinho mas valeu a pena, eles são muito bons.Eles são franceses. Muita legal! Eles se pintam de azul e tem uns tambores e um monte de fogos foi muitoooooooOooOoooooooooooOoooooooooooooOoooOOOOooo legal como diz o meu pai valeu o passeio. rsrsrsrs

Expressões


Todos os dias ao voltar da faculdade fico observando as pessoas no metrô ( na verdade por onde ando fico observando as pessoas, é uma mania...) e fico imaginando todo o dia dessas pessoas e até ir mais além e construindo em meus pensamentos uma história de vida pra cada um deles.

Pode parecer loucura, é às vezes é, mas adoro fazer isso... como uma expressão, um olhar, um gesto pode dizer tanto de uma pessoa. O mesmo olhar que em uma pessoa pode representar alegria, em outra pode ser uma tentativa de mascarar a tristeza... o que, em minha opinião, é humanamente impossível.

Essas pessoas, sem perceber, acabam me levando a pensar em minha vida, avaliando cada expressão facial me coloco no lugar dessas pessoas e, ao imaginar sua trajetória, reavalio as atitudes que poderiam fazer de mim uma pessoa melhor.

Normalmente vou de um extremo a outro. Sempre me chama atenção uma pessoa que se mostra muito feliz e outra que se mostra muito triste e/ou pensativa, assim sigo minha viagem de metrô tentando traçar um perfil das pessoas que me cercam. Pessoas desconhecidas e que muitas vezes poderiam ser grandes amigos...

Uma coisa que me chama muito a atenção desde que vim para São Paulo é que todas os meus companheiros de metrô tem olheiras.....mas isso é assunto para outro dia....

sábado, 26 de abril de 2008


“Quais suas verdadeiras intenções com minha mãe?”.

Essa foi à primeira pergunta q fiz ao Nem...hehehe
Hoje eu sei que eram/ são as melhores possíveis...
Sei que você não é muito de conversa, mas mesmo assim, já te considero muito, e agradeço a Deus por ter posto você na vida da minha mãe...Nem, muito obrigado, de coração por fazer minha mãe tão feliz...E por sempre querer o nosso bem...Proporcionando conforto e alegria sempre!

Bom é isso...Valeu!

Amor


Sem comentários...

Freud explica....

Meu filho está apaixonado e parece que é sério... isso me assusta um bocado. Parece pieguice mas é apenas um excesso de cuidado de uma mãe coruja. Sabe aquele medo de ter que dividir o amor do seu filho com outra mulher? Isso é bem edipiano....Tudo bem, me digo super moderna, mas e daí se às vezes me mostrar super careta? Não dizem por aí que vale tudo quando se trata de amor de mãe?

Poderia tentar me justificar dizendo ser apenas preocupação do tipo: ele vai sofrer? Ele não é muito novo (só tem 16 anos)? Será que está sendo correspondido? E os estudos? Mas com toda minha coragem assumo se tratar do mais puro ciúme...medo de perder meu anjinho Gabriel.

A gente sabe que cria os filhos para mundo, mas sempre fica com aquele vontade que eles nunca cresçam. E tem também a preocupação normal, afinal não gostamos de ver nossos filhos sofrerem. Temos sempre a impressão que eles ainda não estão preparados, que são jovens demais. Pra mim não existe maior sinal de preparação para a vida que o fato do Gabriel estar se apaixonando, até bem pouco tempo eu ainda era a única mulher da sua vida e agora ele abre seu coração para outros amores.... Com todo meu ciúme tenho que aceitar e torcer para que essa experiência traga ao meu filho (olha a possessividade!!!) coisas boas.



Mãe...

Sabe quando você se sente triste sem vontade nem de levantar? é nessas horas que ela chega... mesmo que tambem esteja com problemas ela vai estar ali pra te ajudar.

sexta-feira, 25 de abril de 2008

Melhor amiga...Mãe!!

Tenho uma amiga, pra mim a melhor de todas, ela me ensinou muito do que eu sei.
Ela me conhece mais do que ninguém, até mesmo, mais do que eu...
Ela dedicou muitos anos de sua vida a mim...
Educou-me...
Essa amiga batalhou muito, e hoje conseguiu muito do que escolheu ter. Muitos a chamaram de louca, de irresponsável... Mas ela foi maior que essas pessoas, e lutou, Aliás, luta até hoje por tudo que ela acredita...
Foram muitos os momentos difíceis, mas superados com muito esforço...
Hoje é um dia muito especial para esta amiga...E pra todas as pessoas que vivem ao lado dela...
MÃE, que Deus continue, hoje e sempre, te abençoando, e te ajudando a realizar todos os seus sonhos, ou maluquices, como achar melhor (risos).
Você é muito importante pra mim, muito mesmo, obrigado por todo seu esforço para nos dar sempre o melhor, obrigado por ser assim...Não mude nunca, pois você é especial.

De seu filho (o melhor (risos)) Bili!

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Eu te avisei....


Como é horrível escutar essa frase. Ainda pior é ouvir a frase da nossa mãe, que a gente sabe que sempre tem razão. O que me questiono é: se sabemos que nossa mãe sempre tem razão, porque não damos ouvido ao que ela diz? As vezes eu pensava que era pura rebeldia, mas percebi que nós temos que arriscar para dar emoção pra nossa vida.

Agora que estou do outro lado, como mãe, vejo que a gente não tem sempre razão mas sim um excesso de zelo e somente acreditamos que nossos filhos podem se arriscar quando temos certeza do resultado....o mínimo de dúvida e lançamos mão de nosso poder de mãe.
Percebo que quando falamos eu avisei, só queremos dizer que mesmo dando errado estamos do lado deles e que um fracasso é apenas um pontinho num universo de conquistas que estão por vir...

Da próxima vez vou tentar dizer – não se preocupem, de outra vez vai dar certo – ao invés dessa frase horrível – eu te avisei. Se não conseguir me perdoem, afinal mãe, como tudo no mundo, também não é perfeita.

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Quem somos


A apresentação fica por conta do desenho do artista da família – O Henrique, que passou pro papel como ele nos visualiza.

Temos ainda o Gabriel, que como disse o seu pai, é um visionário inventivo....A Fernandinha, que é muito traquinas, mas é um amor... O Alcidson que é o melhor “paidrasto” do mundo e euzinha, a mãe, que às vezes de tão confusa passo ao papel de filha.